receita-luca

Ingredientes:

Camarões:

- 20 camarões M limpos com a caudinha

- sal

- pimenta do reino

- farinha de trigo QN

- 4 ovos

- Panko QN

- Óleo de canola.

Temperar os camarões com sal e pimenta do reino, passar na farinha de trigo, passar nos ovos previamente batidos, passar no Panko. Fritar os camarões em óleo quente, porém não pelando, retirar com a escumadeira, colocar em tabuleiro com papel toalha.

Arroz Thai:

- INGREDIENTE ESTRELA: 1 xícara (chá) de Riso Scotti Thai

- 5 colheres (sopa) azeite extra-virgem

- 1 cebola média em cubinhos (brunoise)

- 1 colher (chá) de sal de alho (tempero caseiro)

- 1 colher (chá) gengibre sem casca ralado

- água QN

- 100 ml leite de coco

- salsa picadinha QN

Lavar bem o arroz, escorrer. Numa panela, colocar o azeite, dourar a cebola e o gengibre, colocar o sal de alho. Adicionar o arroz misturando bem. Cobrir com água, cozinhar por 08 minutos. Ir soltando o arroz com garfo e adicionando o leite de coco e salsinha.

Molho:

- Suco de 2 limões

- 2 colher (sopa) água

- 120g manteiga gelada

Numa panelinha, colocar tudo, misturar, corrigir o tempero com sal e pimenta do reino.

Mangas:

- 2 mangas Haden de véspera em cubinhos

- 1 colher (sopa) manteiga

Numa panela ante-aderente, colocar a manteiga com fio de óleo e caramelizar as mangas.

Montagem / Finalização:

Em pratos de jantar individuais, enformar o arroz com aro de um lado. Colocar um pouco do molho de outro lado e 05 camarões por cima. De outro lado, colocar uma porção das mangas. Retirar o aro, polvilhar coco fresco ralado e coentro em cima do arroz. Decorar com ciboulette ou brotos.

receita-fernando

Ingredientes:

- 20ml de óleo de girassol

- 1 col chá de gengibre em Julienne bem finas (tirinhas finas)

- 1 col chá de alho em lâminas

- 200g de filé mignon em tiras finas

- 1 maço de Pak Choi cortado em tiras (principalmente os talos, parte mais saborosa. Reserve as folhas menores para decoração)

- INGREDIENTE ESTRELA: 100g de cogumelos Eryngui fatiados no sentido do comprimento (inteiro, usar o talo)

- 1 pimenta dedo de moça picada sem sementes (se quiser bem picante, deixe-as)

 

Molho base:

- 50ml de molho de ostras

- 10ml de vinagre de arroz

- 1 col chá de açúcar

- 1 pitada de óleo de gergelim torrado (1 col de café no máximo)

- Gergelim preto e branco para decorar

- Broto de coentro para decorar

 

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes do molho base. Reserve.

Em uma panela (de preferência Wok) MUITO quente coloque o óleo, o gengibre e o alho. Deixe por 10 segundos e junte o filé, selando rapidamente (aprox.. 2 min). Neste momento adicione o pak choi, os cogumelos e mexa. MANTENDO O FOGO ALTO, junte o molho base, ele irá engrossar em 1 min. Sirva salpicando o gergelim bi-color levemente dourado em frigideira anti-aderente e decorando com os brotos de coentro e as folhas pequenas de pak choi.

receita-carlos

Ingredientes: (06 porções)

Braciola:

- Bifes de pernil suíno: 06 (160gr cada)

- Pimentão vermelho, amarelo e verde emtiras finas: 01 de cada (médios)

- Tomilho: 03 ramos (utilizar somente as flores

- Salvia: 04 folhas picadas

- Sal e Pimenta do reino: a gosto

- Caldo de carne: 2,5 litros

- INGREDIENTE ESTRELA – Geleia Inglesa Wilkin & Sons – Damasco/Armagnac: 280gr

- Vinagre de arroz:02 colheres de sopa

Musseline:

- Batata cozida e espremida: 600gr

- Cebola picada: 01 colher de sopa

- Azeite extra-virgem:02 colheres de sopa

- Oleo de pequi: 01 colher de sopa. (se quiser mais sabor adicione mais)

- Manteiga:30gr

- Creme de leite fresco: 100ml

- Sal: a gosto

Modos de preparo:

Braciola: tempere os bifes com sal, pimenta, tomilho e salvia. Distribua as tiras de pimentão. Enrole apertando bem. Envolva as braciolas em filme plastico, apertando bem, e dando um nó nas pontas. Leve ao cozimento, no caldo de carne, por aproximadamente 40 minutos.  Enquanto isto, diluir a geleia com o vinagre de arroz até obter uma calda grossa. Nesta calda, coloque as braciolas cozidas, sem o filme plástico e deixe glaçar bem.

Musseline: Numa panela, aqueça o azeite. Dourar a cebola até amaciar. Adicione as batatas espremidas e misture. Adicione o óleo de pequi e misture bem. Adicione o creme de leite, aos poucos, para não perder a consistência. Tempere com sal. Retire do fogo. Adicione a manteiga e bata bem até ficar cremoso e com brilho.

receita-agnes

Ingredientes:

- Folhas Verdes Baby

- Folhas de manjericão

- Sorvete de Queijo

- Laranjas para fazer suco – 4 unidades

- Laranja inteira – 1 unidade

- Toranja ( Grapefruit ) – 1 unidade

- Tangerina – 1 unidade

- INGREDIENTE ESTRELA : molho de pimenta chipotle e goiaba

- Azeite e Vinagre de vinho a gosto

Modo de preparo:

Monte a salada decorando com a laranja, toranja e tangerina partidas. Tempere com o Azeite e vinagre de vinho. Coloque o sorvete de queijo em um recipiente cobrindo com o molho de pimenta chipotle e goiaba.

doe-de-coracao-fraldas-pequeno

Mais de sete mil tiras de fraldas geriátricas foram arrecadadas pela campanha solidária “Doe de Coração”, promovida pelo Grupo Super Nosso, com o objetivo de apoiar o trabalho do Instituto Mário Penna (IMP), instituição que, desde 1971, atua no estudo, prevenção, tratamento e cura do câncer em Minas Gerais.

Lançada em dezembro do ano passado, a campanha arrecadou 7185 tiras de fraldas, que serão entregues no dia 22 de abril, no Super Nosso Xuá (Av. Nossa Senhora do Carmo, 2.780). “Foi muito gratificante promover a campanha e poder colaborar com o trabalho fantástico que o Mário Penna realiza”, afirma a diretora de marketing do Grupo Super Nosso, Rafaela Nejm.

Os clientes que contribuíram com a campanha fizeram por meio de doação dos pontos do programa de fidelidade Dotz acumulados na compra. Cada 700 pontos arrecadados foram convertidos a um pacote de fraldas geriátricas

“A parceria com o Super Nosso é muito importante para o Instituto Mário Penna. Com a campanha Doe de Coração, os clientes da rede contribuíram arrecadando 1325 pacotes de fraldas geriátricas para o uso de nossos pacientes com câncer, o que significa cerca de 40% do que utilizamos durante um ano”, conta a gerente de marketing e relacionamento do Instituto Mário Penna, Karina Pongelupe.

Sobre o Instituto Mario Penna

O Instituto Mário Penna é uma instituição filantrópica, composta pelos Hospitais Mário Penna e Luxemburgo, a Casa de Apoio Beatriz Ferraz e o Centro de Pesquisa e Estudos. É classificado pelo Ministério da Saúde como Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (CACON), e é referência nacional em pesquisa, ensino, prevenção e tratamento do câncer. O IMP prioriza o atendimento via SUS e responde por cerca de 70% dos pacientes oncológicos da Região Metropolitana de Belo Horizonte e 20% do total de casos em todo o estado de Minas Gerais. O IMP investe continuamente em equipamentos de ponta para o tratamento de diversos tipos de câncer e, sendo uma instituição filantrópica, tem como um dos pilares o reconhecimento da sociedade por meio de doações.

dicas-bacalhau

Por:  Chef Fernando Castanheira e Vanessa Galdão – Adore.

DICA 1: Dessalgue o Bacalhau em água e mantenha-o na geladeira. Não é porque dessalga mais rápido, mas porque diminui o risco de contaminação por bactérias.

DICA 2: Não existe REGRA para dessalgar o bacalhau. Cada produto tem uma densidade e concentração de sal específicas. Assim, para o LOMBO de Gadus Morhua (ou Bacalhau do Porto), deixe-o imerso em água gelada (e na geladeira) por, pelo menos, 2 dias, trocando a água de 6 em 6 horas. Passado esse tempo, retire um pedaço pequeno e grelhe com azeite. Só assim você poderá sentir o real ponto de sal. Não adianta experimentar ainda cru, o sal só aparecerá depois de cozido.

DICA 3: Quando for limpar seu bacalhau, não descarte as aparas (pele, espinhas). Coloque-as na água de cozimento das batatas. Elas vão dar um toque muito especial.

DICA 4: Cozinhar o bacalhau desfiado por 3 minutos no leite ajuda a retirar o sal.

DICA 5: Há produções muito interessantes que não demandam um Bacalhau tão nobre quanto o Lombo de Gadus Morhua, como o Vol au Vent de Bacalhau e Alho Porró. Você pode usar o Gadus Morhua Desfiado ou, até mesmo, o Bacalhau Saithe.

vou-al-vent

Por Chef Fernando Castanheira e Vanessa Galdão – Adore.

Serve 6 pessoas.

INGREDIENTES:

  • 410g de Bacalhau do Porto desfiado e dessalgado
  • 300ml de leite integral

RECHEIO:

  • 40ml de azeite espanhol extravirgem Coosur para refogar
  • 1 talo de alho-poró cortado em meia-lua
  • 410g de bacalhau dessalgado no leite
  • 1 colher de sopa cheia de farinha de trigo
  • 250ml a 350ml do leite usado para dessalgar o bacalhau
  • 70g de azeitonas pretas fatiadas La Violetera
  • Sal e pimenta a gosto
  • 1 colher de sopa de salsinha picada

MASSA:

  • Massa folhada congela Arosa (6 unidades de Vol-au-vent)
  • Ovo para pincelar
  • 50g de queijo parmesão ralado na hora

MODO DE PREPARO:

  • Deixe o bacalhau de molho em água fria por 2 horas, trocando a água 2 vezes. Coloque em uma panela e cubra com o leite. Leve ao fogo por 5 minutos, mas não deixe ferver. Coe o bacalhau e reserve o leite.
  • Pré-aqueça o forno a 180 graus. Pincele com a gema do ovo a superfície dos vol-au-vents. Leve ao forno para assar até dourar.
  • Separadamente, em uma panela, coloque azeite e alho-poró. Mexa por 3 minutos. Junte o bacalhau coado e a farinha de trigo. Mexa por 3 minutos. Junte o leite reservado, aos poucos,  mexendo bem para não empelotar. Cozinhe por 5 minutos. Junte as azeitonas pretas e finalize com sal, pimenta e salsinha.
  • Retire do fogo e recheie os vol-au-vents. Polvilhe queijo parmesão ralado e leve para gratinar em forno quente. Sirva imediatamente.

Clique aqui e compre a receita no Super Nosso Em Casa.

lombo-bacalhau

Por Chef Fernando Castanheira e Vanessa Galdão – Adore.

Serve 6 pessoas.

INGREDIENTES:

  • 6 unidades de Lombo de Bacalhau dessalgado
  • 180ml de azeite espanhol extravirgem Coosur

CROSTA:

  • 30ml de azeite espanhol extravirgem Coosur
  • 2 dentes de alho
  • Sal a gosto
  • 80g de farinha de rosca japonesa Panko

MOLHO:

  • 50ml de azeite espanhol extravirgem Coosur
  • 1 cebola roxa cortada em tiras finas
  • 1 e ½ dente de alho em lasca ou ralado
  • ½ pimentão vermelho cortado em tiras finas
  • 6 tomates San Marzano sem pele e sem sementes cortados em tiras finas
  • 70ml de vinho branco seco
  • ½ colher de sopa de alcaparras Zuppa
  • Sal e pimenta a gosto
  • 1 colher de sopa de salsinha picada

BATATAS AO MURRO:

  • 700g de minibatatas
  • Quanto baste de água para cozinhar
  • 60ml de azeite espanhol extravirgem Coosur
  • Ramos de tomilho frescos
  • Sal e pimenta a gosto

MODO DE PREPARO:

  • Batatas: Em uma panela, coloque as batatas (com casca e lavadas) e cubra com água. Leve ao fogo até que fiquem cozidas, mas ainda “al dente” (cerca de 15 minutos). Coe e amasse-as levemente (daí a palavra “murro”). Coloque em uma assadeira, regue o azeite, salpique tomilho, sal e pimenta. Leve ao forno para dourar.
  • Crosta: Em uma frigideira quente, coloque azeite e alho. Antes de dourar, junte o sal e o Panko. Mexa e desligue o fogo. Reserve.
  • Bacalhau: Coloque as postas de bacalhau em uma assadeira e regue com azeite. Leve ao forno a 120 graus por 50 minutos. Tire a assadeira do forno e retire o bacalhau do azeite. Reserve o azeite. Passe o bacalhau na farofa de alho e coloque em outra assadeira. Regue com um pouco de azeite e leve ao forno com o gratinador ligado para dourar.
  • Molho: Em uma frigideira quente, coloque azeite (de preferência o que cozinhou o bacalhau), cebolas e alho. Deixe por 3 minutos. Junte o pimentão. Salteie por 4 minutos. Junte os tomates. Mexa bem e adicione o vinho branco. Deixe reduzir. Junte as alcaparras e acerte sal e pimenta. Finalize com salsinha picada.

Clique aqui e compre essa receita no Super Nosso Em Casa.

10-03-receita-camarao

Na receita típica, da década de 1960, ele era servido com alface comum picada, mas as folhas de alface-americana não murcham tão rapidamente.

Frutos do mar:

Camarão-cinza ou camarão-rosa (você encontra esses produtos no site Super Nosso Em Casa).

Preparação: 15 minutos

Rende: 4 porções generosas

Ingredientes:

450 g de camarão cozido

150 g de maionese (ou mistura de creme de leite com maionese)

4 colheres (sopa) de chutney

1 colher (chá) de purê de tomate

2-3 colheres (chá) de molho inglês

2-3 colheres (chá) de creme de raiz-forte

1 colher (chá) de conhaque

Sal e pimenta-do-reino moída na hora

Um pouco de tabasco

Suco de limão a gosto

½ alface-americana pequena bem picada

½ colher (chá) de páprica

Fatias finas de pão integral com manteiga para servir

Modo de Preparo:

1 – Descasque e limpe os camarões, exceto oito deles

2 – Misture bem a maionese, o chutney, o purê de tomate, o molho inglês, a raiz-forte e o conhaque. Tempere e junte o tabasco e o suco de limão a gosto.

3 – Distribua a alface por igual em quatro taças grandes de vinho ou tigelas de vidro.

4 – Misture os camarões na maionese e ponha sobre a alface. Polvilhe levemente a páprica. Arrume dois camarões com casca em cada taça e sirva com pão integral e manteiga.

Variação:

Coquetel de camarão à mexicana

Elimine os temperos da maionese acima e use 1 colher (sopa) de purê de tomate seco, 1 colher (sopa) de coentro picado, 1 abacate pequeno em cubos, 2 colheres (sopa) de grãos de milho cozido, o suco de 1 limão e tabasco. Junte o camarão e sirva como acima, enfeitado com ramos de coentro.

Fonte: Peixes e frutos do mar (PubliFolha).

10-02-tapioca

Fazer substituições inteligentes faz parte de uma alimentação saudável. De acordo com a nutricionista Andrea Santa Rosa, a tapioca é versátil e pode ser amiga da dieta também. “Uma colher de sopa do alimento possui apenas 70 calorias”, explica a especialista. A seguir, confira quatro ótimos motivos para inserir já a tapioca na sua rotina alimentar.
  • 1 – Não contém glúten

    “A tapioca não possui a gliadina, uma proteína presente no glúten que colabora para o aumento da inflamação do organismo e da gordura abdominal”, diz Andrea. O alimento também pode ser consumido por diabéticos.

  • 2 – Substitui o pão branco

    Para um café da manhã light, Andrea Santa Rosa recomenda substituir o pão branco por tapioca. “O alimento pode ser consumido todos os dias, sem contraindicações. Vale lembrar que o pão branco é proveniente de uma farinha refinada, pobre em nutrientes (vitaminas e minerais). Ele ainda contém glúten, rico em proteínas que não são digeridas pelo intestino”.
  • 3 – Amiga da dieta

    Pouco calórica, a tapioca é uma opção saudável quando combinada a recheios e acompanhamentos que seguem a dieta. “Recomendo acrescentar um ovo mexido, pasta de humus com páprica e um fio de azeite com orégano. Se preferir um alimento doce, escolha geleia sem adição de açúcar”, diz a nutricionista.
  • 4 – Prática e versátil

    A tapioca pode ser preparada em formato de panqueca e até pizza. “Esta última opção é excelente para o jantar. Basta substituir a massa tradicional, regar com molho de tomate, acrescentar mussarela de búfala e manjericão”, orienta Andrea. Para uma tapioca nutritiva, a nutricionista recomenda o acréscimo de sementes de chia à sua preparação.

 

Fonte: GNT (leia a matéria original aqui)

POSTAGENS + ANTIGAS